Vila de Sintra acolhe cerimónia de receção do Estandarte Nacional

"Orgulho, respeito e satisfação pessoal e institucional" foram a primeiras palavras do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante António Silva Ribeiro, na receção do Estandarte Nacional (EN) da 5.ª Força Nacional Destacada Conjunta para a República Centro-Africana (RCA)

Exercito na Vila de Sintra | Foto: arquivo

A Vila de Sintra acolheu esta terça-feira a cerimónia de receção do Estandarte Nacional (EN) da 5.ª Força Nacional Destacada Conjunta, composta por elementos do Exército e da Força Aérea, em missão na República Centro-Africana (RCA).

“Orgulho, respeito e satisfação pessoal e institucional” foram a primeiras palavras do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante António Silva Ribeiro, no decorrer da cerimónia. “Cumpriram a missão de força rápida na RCA, de forma excecional, relevante e distinta, prestigiando as forças armadas e honrando Portugal”, destacou entre outros pontos fortes, o Almirante António Silva Ribeiro.

Antes o Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, deixou palavras de “estima e consideração, por Sintra e pelas suas gentes” ao permitir a realização do evento, no Centro Histórico da Vila, património classificado pela UNESCO, no terreiro frontal ao Palácio Nacional de Sintra.

Basílio Horta, atribuiu a Medalha de Serviços Distintos – Grau Ouro, ao Tenente Coronel de Infantaria e Comando, Rui Mouro, pela forma “honrosa e brilhante” com que desempenhou as suas funções de Comandante da 5.ª Força Nacional Destacada Conjunta, na República Centro-Africana (RCA)

“Aqui, sentimo-nos distinguidos”, sublinhou o militar, acrescentando que “outra coisa não seria de esperar”, referindo em particular a Basílio Horta, enquanto presidente da Câmara de Sintra, mas sobretudo enquanto ex-aluno do Colégio Militar, “educado nos valores do amor à pátria, no respeito institucional e pessoal, da disciplina e da camaradagem e que conhece bem a função social das Forças Armadas e o quanto importante é a sua proximidade dos portugueses”.

O Estandarte Nacional à guarda da Brigada de Reação Rápida, Grande Unidade responsável pelo aprontamento de Forças para este Teatro de Operações, foi condecorado com a L’Ordre National de la Reconnaissance Centreafricaine, pela forma com a QRF da MINUSCA “tem exemplarmente realizado a Proteção de Civis no TO da RCA, contribuindo para a segurança e bem-estar daquele povo”.

Destaque ainda para a condecoração do Soldado “Comando”, Aliu Camará com a Croix de la Valeur Militaire “Avec Palmes”, pela “elevada competência técnico-profissional”, pelo “extraordinário desempenho e relevantes qualidades pessoais demonstradas no cumprimento das funções de Apontador de uma Equipa de Comandos”.

O evento foi presidido pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante António Silva Ribeiro, e contou com a presença do Presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta, do Chefe do Estado-Maior do Exército, General José Nunes da Fonseca, do Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da República Centro-Africana, General de Brigada Zéphirin Mamadou, entre outras entidades militares e civis.

  • Sintra Notícias
  • Fotografias: DR Exército Português
  • [Notícia corrigida]