Proteção Civil de Viseu tratou 636 ninhos de vespa asiática

Bombeiros receberam mais de 900 denúncias.

Os Bombeiros Sapadores de Viseu trataram desde o início do ano 636 ninhos de vespa velutina, também conhecida por vespa asiática, e receberam mais de 900 denúncias, anunciou esta terça-feira a autarquia.

“Desde o início do ano, o serviço municipal de Proteção Civil, através dos Bombeiros Sapadores de Viseu, já efetuou tratamento a 636 ninhos, conforme estabelecido no Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal”, refere o documento.

No comunicado de imprensa, a autarquia, adianta que “a resposta média da Proteção Civil municipal às mais de 900 denúncias efetuadas, desde 1 de janeiro de 2019, está nos cinco dias, exceção feita às situações que apresentam perigo iminente, nas quais a resposta é imediata”.

Segundo o comunicado, os números mostram uma evolução crescente na intervenção do serviço municipal de Proteção Civil em ninhos de Vespa Velutina no concelho de Viseu, uma vez que, refere o documento, “em 2017, foram detetados e tratados 64 ninhos e, em 2018, foram cerca de 300”.

O documento conta que, “regra geral, os ninhos são construídos a cerca de 10 ou mais metros de altura, apresentando uma forma redonda ou em pera, podendo atingir as dimensões de um metro de altura e entre 50 a 80 cm de diâmetro”.