Detido homem suspeito de atear fogo a companheira na Amadora

Com antecedentes por crimes de ofensa à integridade física, o detido ficou em prisão preventiva

Sintra Notícias - arquivo

Um homem de 39 anos foi detido, no passado sábado, por suspeita de ter ateado fogo à sua companheira, na freguesia da Mina de Água, na Amadora, provocando-lhe queimaduras de primeiro grau na cabeça.

Segundo informação do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial da Amadora, o suspeito de violência doméstica ateou fogo à companheira com “recurso a um isqueiro e a um desodorizante, tendo causado queimaduras de primeiro grau na zona da cabeça, na face e no pescoço”.

Segundo as autoridades, o homem ainda agrediu a vítima com vários socos na zona do peito, diante de duas crianças, que foram sinalizadas para o correspondente processo de promoção e proteção.

Com antecedentes por crimes de ofensa à integridade física, o detido já foi presente no Tribunal Judicial da Comarca Lisboa Oeste – Amadora, para primeiro interrogatório e ficou em prisão preventiva.