Duarte Lima detido cumpre pena de prisão na Carregueira em Belas

A juíza “despachou o processo no sentido de serem emitidos os mandados”, e que “o processo está a ser cumprido”

Estabelecimento Prisional da Carregueira, em Belas, Sintra

A juíza do Tribunal Central Criminal de Lisboa despachou, esta sexta-feira, o processo de Duarte Lima no sentido do cumprimento do mandado de condução à cadeia do ex-deputado.

Fonte oficial da comarca de Lisboa disse à agência Lusa que a juíza “despachou o processo no sentido de serem emitidos os mandados”, e que “o processo está a ser cumprido”.

O ex-líder parlamentar do PSD já tinha dado indicações de que pretendia apresentar-se voluntariamente na cadeia para cumprimento da restante pena a que foi condenado do processo Homeland, relacionado com burla ao BPN.

Duarte Lima foi condenado em primeira instância, em novembro de 2014, a dez anos de cadeia, pela coautoria material de um crime de burla qualificada e outro de branqueamento de capitais, no processo BPN/Homeland, relacionado aquisição de terrenos no concelho de Oeiras para a construção do Instituto Português de Oncologia com um empréstimo do BPN.