Papa Francisco nomeia missionário da Consolata Bispo de Tete

MOÇAMBIQUE | O padre Diamantino Antunes passa a ser o primeiro missionário da Consolata português nomeado bispo

Padre Diamantino Antunes

O padre Diamantino Guapo Antunes, missionário Missionário da Consolata de Portugal, foi nomeado, esta sexta-feira, 22 de março, pelo Papa Francisco, bispo da diocese de Tete, em Moçambique.

Diamantino Antunes, de 52 anos de idade, é natural de Albergaria dos Doze, concelho de Pombal, diocese de Coimbra, e exercia no momento presente o cargo de superior regional dos Missionário da Consolata (IMC) em Moçambique e Angola.

O agora nomeado bispo de Tete esteve recentemente de férias em Portugal, com uma agenda bastante preenchida no que toca a entrevistas aos media, tertúlias e testemunhos missionários sobre a missão em Moçambique. Participou também na Peregrinação da Família Missionária da Consolata a Fátima, que assinalou os 75 anos de presença dos Missionários da Consolata em Portugal.

O Padre Eugénio Butti, superior regional do IMC em Portugal, já reagiu a esta nomeação com uma mensagem partilhada com os confrades da congregação: “Demos graças ao senhor por esta noticia que alegra a todos nós. Um grande fruto para a Igreja, a ocorrer neste 75º aniversário da presença do IMC em Portugal. Seja louvado o Senhor por esta graça”.

O padre Diamantino passa a ser o primeiro missionário da Consolata português nomeado bispo.