Pulseira eletrónica por violência doméstica na Malveira

O Tribunal aplicou a medida de coação de afastamento da vítima, com controlo através de pulseira eletrónica

Violência Doméstica

O Comando Territorial de Lisboa da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, deteve na segunda-feira, um homem de 38 anos, por violência doméstica, na Malveira, no concelho de Mafra.

Na sequência de uma investigação que decorreu durante dois meses, por violência doméstica, “apurou-se que o suspeito humilhava e intimidava a vítima, a sua ex-companheira de 39 anos, chegando mesma a ser agredida na presença do filho, de sete anos”, confirmou ao SINTRA NOTÍCIAS, o Comando Territorial de Lisboa da GNR.

O agressor “perseguia a vítima até ao seu local de trabalho, causando-lhe medo e insegurança, impedindo-a de levar uma vida normal”, adiantou.

Na sequência de acontecimentos, o agressor foi detido e presente a Tribunal Judicial de Lisboa, onde lhe foi aplicada a medida de coação de afastamento da vítima, com controlo através de pulseira eletrónica.

  • Fotografia: Comando Territorial de Lisboa da GNR