PSP descobre em Colares ossadas e estufas com 133 pés de canábis

COLARES | Durante a busca foram também detetadas ossadas, aparentemente humanas

A PSP de Oeiras, apreendeu na zona de Colares, no concelho de Sintra, “133 pés de canábis, verdejantes, em estágios de crescimento diversos” na residência de um homem de 31 anos, na sequência de uma busca domiciliária, onde foram também detetadas ossadas, aparentemente humanas.

Segundo a PSP de Oeiras, o homem de 31 anos, tinha sido detido, em flagrante delito, na passada terça-feira, em Algés, pela suspeita do crime de tráfico de estupefacientes.

Na ocasião, após verificar que o detido tinha na sua posse 54 gramas de Liamba, foram realizadas duas buscas, uma das quais domiciliária, que revelaram a existência das plantas em “duas estufas com as respetivas estruturas em metal, com sistema de rega automatizado, com medidores de temperatura e humidade, medidores de PH, ventoinhas e extratores de forma a estimular/incrementar a produção das plantas”.

Foram ainda apreendidos “uma máquina de sulfatar, com 16 litros de capacidade, duas lâmpadas de 600w, marca GAVITA, específica para horticultura e vários jerricans com produtos apropriados para fertilizar as plantas”, bem como um computador e um telemóvel.

Segundo a PSP, “ao cumprirem a busca domiciliária na residência do arguido, na zona de Colares, os polícias foram surpreendidos pela deteção de umas ossadas, aparentemente humanas, no seu interior, pelo que houve necessidade de acionar a Autoridade de Saúde e desencadear contacto com a Autoridade Judiciária competente, que permitiu a recolha das ossadas e posterior entrega no Instituto Nacional de Medicina Legal”.

O homem foi presente junto da Comarca de Lisboa Oeste – Núcleo de Oeiras, a um 1.º Interrogatório Judicial, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de apresentação semanais.

Fotografia: PSP