Dono de ATL em Sintra abusa de duas alunas

Homem, indiciado por 11 crimes de abuso sexual de crianças, já se encontra em prisão preventiva

Um homem de 51 anos, proprietário de um ATL na zona de Sintra, foi detido esta segunda-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) pelo abuso sexual de duas crianças que frequentavam a instituição.

Segundo o jornal Correio da Manhã (CM) que avança com a informação, “o homem, indiciado por 11 crimes de abuso sexual de crianças, já se encontra em prisão preventiva”.

Segundo o CM, o juiz aplicou a medida, considerando “haver o perigo de continuação da atividade criminosa”. O inquérito foi dirigido pelo MP da 4ª secção do DIAP de Sintra, com a coadjuvação da PJ.