Jovens do concelho de Sintra no assalto ao Campera do Carregado

    Os assaltantes, que já estariam referenciados por crimes semelhantes noutras zonas de Lisboa, terão usado as redes sociais para combinar o golpe

    As três dezenas de adolescentes envolvidos no assalto a uma loja de artigos desportivos no centro comercial Campera, no Carregado, são oriundos da zona do concelho de Sintra e ficaram em liberdade por serem menores de idade, avança o semanário regional, O Mirante.

    Segundo o semanário, “o assalto não teve sucesso graças à rápida acção dos seguranças do Campera e à GNR, que cercou o centro comercial e os acessos à vila do Carregado, montando uma verdadeira caça ao homem sem precedentes na zona”.

    Tudo aconteceu esta quinta-feira, quando 30 jovens entraram numa loja da Nike no Campera e “deitaram a mão a tudo o que encontraram, colocando-se em fuga em menos de cinco minutos”.

    O alerta foi dado, e as grades exteriores do centro comercial foram fechadas e a maioria acabou trancada dentro do recinto pelas autoridades. A maioria dos bens roubados foram recuperados.

    Ao todo, 28 jovens foram identificados pela GNR e cinco detidos e constituídos arguidos. Todos tinham idades entre os 13 e os 20 anos.

    Os detidos foram postos em liberdade e entregues aos pais por serem menores de idade.

    Grupo ido de Sintra

    Entyretanto e de acordo com a responsável pelas relações-públicas do Comando Territorial de Lisboa da GNR, os jovens detidos são todos menores de idade, pelo que, foram constituídos arguidos, mas “serão entregues às famílias”.

    Os jovens que assaltaram a loja de desporto no centro comercial são oriundos de bairros como Algueirão-Mem Martins e outras aglomerações urbanas do concelho de Sintra, a cerca de 60 quilómetros do Carregado, no concelho de Alenquer.

    Notícia completa no Semário Regional, O Mirante

    Fotografia: DR Campera Outlet Shopping