Rui Pinto e Ana Ferreira vencedores da São Silvestre da Amadora

Rui Pinto tornou-se o primeiro a vencer a corrida São Silvestre da Amadora por quatro vezes, enquanto Ana Ferreira foi a vencedora entre as mulheres

Rui Pinto (SLB) e Ana Ferreira (SCP) foram os primeiros a cortar a meta

A Corrida de São Silvestre da Amadora registou esta segunda-feira, 31 de dezembro, a maior participação de sempre. Rui Pinto e Ana Ferreira foram os primeiros a cortar a meta.

Rui Pinto tornou-se mesmo, o primeiro a vencer a corrida São Silvestre da Amadora por quatro vezes, enquanto Ana Ferreira foi a vencedora entre as mulheres nesta 44.ª edição, que registou a maior participação de sempre.

Tal como nos tempos áureos de Carlos Lopes ou Domingos Castro, a célebre subida dos Comandos fez toda a diferença, pois foi aí que o benfiquista Rui Pinto atacou, distanciando-se dos seus adversários, para cortar a meta isolado, com o tempo de 29.47 minutos.

Numa corrida com um dos melhores grupos de corredores de elite das provas de fim de ano, Rui Pintou ganhou pela terceira vez seguida e passou a ser o mais vitorioso de sempre, com quatro triunfos, ultrapassando precisamente Lopes e Domingos.

As posições seguintes determinaram um maior poderio do Sporting, que teve atletas nos restantes lugares do pódio, com Miguel Marques (29.58) e Licínio Pimentel (30.08), e ainda o quarto classificado, Eduardo Mbengani (30.19), só então chegando o segundo benfiquista, Miguel Borges (30.25).

Em femininos, triunfo da sportinguista Ana Mafalda Ferreira, que no ano passado foi segunda classificada e que agora conseguiu triunfar numa das provas mais carismáticas do calendário português, depois de já ter triunfado noutra no princípio do mês, o Grande Prémio de Natal.

Ana Mafalda Ferreira venceu com a marca de 34.42 minutos, à frente de Carla Martinho, do Recreio de Águeda (35.09), e de Ercília Machado (36.12), que há dois dias também fora terceira na São Silvestre de Lisboa.