Governo esquece Sintra na entrega de 48 novas viaturas da PSP em Lisboa

O ministro Eduardo Cabrita desvalorizou as carências de segurança vividas em Sintra

Polícia de Segurança Pública

O ministro da Administração Interna entregou em Lisboa, esta terça-feira, 48 novas viaturas à PSP, mas nenhuma será colocada em Sintra.

Apesar de haver esquadras da PSP no concelho de Sintra sem viaturas para garantir a segurança pública, ontem, durante a cerimónia oficial da entrega de 48 novas viaturas à PSP, o ministro Eduardo Cabrita desvalorizou as carências de segurança vividas em Sintra, depois de se saber que a esquadra da PSP de Agualva-Cacém tinha ficado uma semana sem qualquer carro policial.

Sobre o problema da esquadra que garante a segurança de cerca de 80 mil pessoas, o responsável do governo afirmou que, “foi uma situação pontual, que já foi resolvida”. No entanto esta terça-feira a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP) afirmou que “há dois meses apenas havia duas viaturas para toda a área de Sintra”.

Segundo Paulo Rodrigues, presidente da ASPP, se não existir um reforço já em 2019, a situação, que é “caótica”, pode tornar-se “desastrosa”.

Apesar do presidente da ASPP defender que no concelho de Sintra é onde mais se sente a falta de viaturas, o ministro Eduardo Cabrita considera que Lisboa está mais carenciada. “Estas viaturas destinam-se, maioritariamente, ao comando metropolitano de Lisboa que tem uma área com uma dimensão populacional muito significativa”, defendeu o ministro.