Carlos Morais do jornal ‘Mundo Português’ morre em acidente na A16

Carlos Morais, de 58 anos, era o único ocupante do automóvel, que embateu num separador da portagem da autoestrada 16 (A16), no sentido Sintra-Cascais

Carlos Morais, de 58 anos, era o único ocupante do automóvel | Foto: Mundo Português

Faleceu na manhã desta sexta-feira, vítima de acidente de viação em Sintra, o proprietário do jornal Mundo Português e CEO do SISAB PORTUGAL, Carlos Baião Morais.

O acidente, no sentido Sintra-Cascais da autoestrada 16 (A16), ocorreu esta manhã quando a viatura em que Carlos Morais seguia ter embatido num separador da portagem.

O proprietário do jornal da diáspora Mundo Português, Carlos Morais, de 58 anos, era o único ocupante do automóvel.

“As comunidades portuguesas perdem uma grande referência que muita falta irá fazer”, escreve na primeira página, o Mundo Português, citando palavras de estimulo e afirmação Carlos Morais, na afirmação do jornal: (…) “É por isso que este jornal é diferente, e é por isso que nos afirmamos como nenhum outro. Somos o espelho de todos vós e todos vós, o cidadão anónimo e a sua família, são a força que nos alimenta diariamente. Ser diferente é cada vez mais difícil na sociedade globalizante em que vivemos”.

Recorde-se, em 2015, o proprietário do Mundo Português, jornal da diáspora portuguesa, foi distinguido pelo Governo com a Medalha de Mérito das Comunidades, pelo trabalho junto das comunidades lusófonas.

O SINTRA NOTÍCIAS, endereça à família, sentidos pêsames.