GNR de Sintra simula rapto de bebé no Hospital de Cascais

SIMULACRO | O exercício pretende testar "procedimentos e criar condições para a aquisição de hábitos de segurança e de autoproteção" junto dos profissionais de saúde e utentes

Agentes da GNR junto ao Palácio Nacional de Sintra | Foto: arquivo

A Guarda Nacional Repúblicana (GNR) de Sintra, com o apoio do Grupo de Intervenção e de Operações Especiais (GIOE), realiza hoje um simulacro de uma tentativa de rapto de um bebé no Hospital de Cascais.

O exercício tem por propósito “testar a capacidade de resposta” das autoridades e dos agentes de proteção civil e vai simular a ocorrência do rapto de um bebé, nos serviços de maternidade do hospital de Cascais.

“Durante o exercício, procura-se através de uma ação concertada, num cenário fictício, reunir esforços para colocar em prática o Plano de Segurança Interno da Unidade de Saúde”, informa a GNR em comunicado enviado ao SINTRA NOTÍCIAS.

A GNR terá como missão, colaborar nas ações de resgate e socorro, “assegurando a ordem e tranquilidade públicas”. O exercício pretende ainda testar “procedimentos e criar condições para a aquisição de hábitos de segurança e de autoproteção” junto dos profissionais de saúde e utentes.