Festival de Artes Performativas na Casa de Teatro de Sintra

    Sexta edição do Periferias, Festival de Artes Performativas, de 1 a 12 de março

    Periferias, Festival de Artes Performativas, na Casa de Teatro de Sintra, de 1 a 12 de março

    Sintra recebe a sexta edição do Periferias, Festival de Artes Performativas, na Casa de Teatro de Sintra, de 1 a 12 de março.

    O Chão de Oliva/Centro de Difusão Cultural em Sintra assume-se como uma estrutura instalada na periferia suburbana da cidade grande, cujo percurso tem evolucionado no sentido de romper com as assimetrias regionais e a discriminação negativa da periferia pela pressão centralizadora.

    Traçando e desenvolvendo uma programação multidisciplinar, o teatro, nas suas variadas expressões, ocupa o eixo central da programação através das criações dos seus dois grupos residentes, a Companhia de Teatro de Sintra e o Fio D´Azeite – Grupo de Marionetas. Numa interacção dialética, impulsionam e recebem energia deste eixo central as atividades de formação, o acolhimento de grupos dentro das artes do espetáculo e a produção de festivais como – e dentro dos mais recentes – a “4 Estações – Mostra de Dança Contemporânea de Sintra”, o “Festival Internacional de Marionetas de Sintra” (FIMS), os “Sons de JuHLho_ Mostra de Música Urbana” e o “TranS_SintrA”, festival vocacionado para a procura do atual nas artes do espetáculo contemporâneas.

    Em março de 2012, ano em que completou 25 de trabalho contínuo, o Chão de Oliva/Centro de Difusão Cultural em Sintra lançou um novo festival que condensa a experiência acumulada na organização dos anteriores festivais e as áreas artísticas abrangidas, e que se transformou no único festival produzido pelo Chão de Oliva: Periferias – Festival Internacional de Artes Performativas em Sintra.

    O objetivo base deste novo festival é o de ser um tempo e um espaço na configuração de um arquivo da produção teatral das regiões periféricas dentro e fora de Portugal, com prioridade, nesta última geografia, para os países de língua portuguesa. Tempo, espaço e arquivo que não fará o Periferias viver apenas da apresentação de espetáculos, pois privilegiará a convivência entre criadores; a heterogeneidade de formação e segmento etário dos públicos; a reflexão entre quem partilha a(s) representação(ões); a edição dos documentos provenientes da reflexão; e a geração de mais um interface para a posterior circulação de espetáculos.

    PROGRAMA FESTIVAL PERIFERIAS

    1 março
    17h00
    MU.SA – Museu das Artes de Sintra
    Abertura do Festival com a Exposição de Marionetas do Mundo

    23h00
    Legendary Café
    Música com André ViaMonte

    2 março
    21h30
    Casa de Teatro de Sintra
    “Preço do Fato”, pela Companhia de Teatro Pitabel (Angola)

    3 março
    21h30
    Casa de Teatro de Sintra
    “A maior flor e outras histórias segundo José”, pela Artimagem (Porto)

    4 março
    21h30
    Casa de Teatro de Sintra
    “Imaterial Inestética), pela Performence (V. F. Xira)

    8 março
    23h00
    Legendary Café
    Música com Piece of Cake

    9 março
    21h30
    Casa de Teatro de Sintra
    “Eu, Lélia”, pela Companhia Teatro Cidade (Brasil)

    10 março
    21h30
    Casa de Teatro de Sintra
    “Morte e a Donzela”, pelo Grupo Teatro Encena (Brasil)

    11 março
    21h30
    Casa de Teatro de Sintra
    “Paradigma”, pela Companhia de Ballet do Norte (Santa Maria da Feira)

    12 março
    21h30
    Casa de Teatro de Sintra
    “…”, pelo Grupo de Teatro Oprimido (Guiné)

    Feira do Livro de Artes Performativas
    Estefânea, de quarta a domingo, das 10h00 às 19h00

    Exposição de Marionetas do Mundo
    MU.SA – Museu das Artes de Sintra
    Terça a sexta das 10h00 às 20h00
    sabado e domingo das 14h00 às 20h00

    Workshop de Danças Africanas
    MU.SA – Museu das Artes de Sintra
    Dias 8, 9 e 10, das 19h00 às 21h00
    Dia 11, das 10h00 às 14h00