Plenário de trabalhadores pode fechar Palácio Nacional da Pena

    Foto: DR Luís Duarte / PSML

    O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos (SINTAP) convocou para esta segunda-feira, 6 de março, um plenário de trabalhadores que deverá causar fortes perturbações nos monumentos históricos de Sintra.

    A partir das 09h30 o refeitório de Santa Eufémia, no Palácio Nacional da Pena, será o local do plenário onde temas como as carreiras, progressões e aumentos salariais integram a ordem de trabalhos. Este plenário pode levar ao fecho de vários monumentos geridos pela Parques de Sintra, nomeadamente o Palácio Nacional da Pena, Queluz ou o Castelo dos Mouros.

    Fonte sindical revelou ao SINTRA NOTÍCIAS que o descontentamento laboral tem aumentado nos últimos meses. “A situação dos trabalhadores é insustentável e a empresa, que não recorre ao orçamento de Estado, arrisca a estagnar e regredir na sua atividade porque o acionista Estado recusa responder às legítimas e justas expectativas dos seus trabalhadores”, afirma fonte sindical.