Situação de alerta “encerra” serra de Sintra até sexta-feira

O acesso ao perímetro florestal da serra de Sintra, está em situação de alerta à sexta-feira, 11 de setembro devido à previsão para o concelho de Sintra de "Risco de Incêndio Rural Elevado".

calor

O Governo decidiu prolongar a declaração da situação de alerta até as 23h59 de 11 de setembro de 2020 (sexta-feira), para os todos os distritos de Portugal, e no concelho de Sintra, Basílio Horta, presidente da Câmara de Sintra “acionou os meios da proteção civil para o encerramento do perímetro florestal da Serra de Sintra durante o mesmo período”, refere nota enviada à imprensa.

Assim, no perímetro florestal da Serra de Sintra, vigora até sexta-feira, a proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal. Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

“A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes”, refere a autarquia, sublinhando “torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal”.

Recorde-se a decisão surge na sequência de “previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural Elevado” do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), durante este período. “Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil”, lembra a autarquia, acrescentando que “urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras”.