Hospital Amadora-Sintra testa Covid-19 em sistema “drive thru”

O Hospital Amadora-Sintra está a fazer testes à Covid-19, num sistema de "drive thru", no parque de estacionamento da unidade hospitalar. Até ao momento já foram realizados 2.200 testes, sem sair do carro, evitando-se assim situações de risco de contágio.

Patrícia Pacheco, médica do Serviço de Infeciologia do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca

No hospital Fernando da Fonseca, conhecido também por Amadora-Sintra está a fazer testes à Covid-19, num sistema de drive thru, no parque de estacionamento daquela unidade hospitalar. Para fazer o teste não precisa de sair do carro.

Desde o dia 18 de março já foram realizados 2.200 testes neste sistema, adiantou a médica Patrícia Pacheco, à TVI. “Inicialmente o centro era dirigido para rastreio dos nossos profissionais de saúde em contexto de sintomas ou de exposição de risco a doentes ou outros profissionais”, explica a médica.

Contudo, “à medida que a epidemia foi avançando, acabamos por reconverter este centro para testar outra tipologia, nomeadamente os doentes que vão ser sujeitos a cirurgias programadas, os doentes oncológicos de acordo com a norma da DGS e também para outras situações como exames complementares de diagnóstico que confiram um maior risco”, explica a médica.

Significa que para fazer o teste à Covid 19, o utente nem precisa de sair do carro e “essa é a parte mais atrativa deste sistema drive thru“, admite a Patrícia Pacheco.

“A pessoa vem comodamente no seu carro e o exame é feito pelos profissionais que estão no local”, evitando-se assim deslocações de risco e situações de contágio: “Essa é a grande vantagem”, sublinha a médica.

As amostras seguem depois para um posto de recolha e acondicionamento e dai para o laboratório onde serão processados os testes. Nada mais simples, cómodo e seguro.

Sintra Notícias com TVI
Fotografia: JustNews – arquivo