Morreu o jornalista António Pina, correspondente na África do Sul

ÓBITO | O Jornalista, que deixa um filho, encontrava-se em casa sozinho quando morreu, não sendo ainda conhecidas as razões da sua morte nem a data das cerimónias fúnebres

Morreu o jornalsita, António Pina, correspondente na África do Sul de vários órgãos de comunicação social

O jornalista António Pina, correspondente na África do Sul de órgãos de comunicação social como a agência Lusa, a SIC e a TSF, morreu esta quinta-feira em Joanesburgo, disse fonte próxima da família.

António Pina, 63 anos, nascido na Beira, em Moçambique, vivia na África do Sul desde 1990.

A partir da África do Sul foi correspondente de vários órgãos de comunicação social como a agência Lusa, a SIC e a TSF. Em Portugal, tinha trabalhado no Correio da Manhã e no jornal O Tempo.

A notícia da sua morte provocou grande consternação nos seus colegas de trabalho e junto de um número significativo de amigos e conhecidos do jornalista que iniciou a sua carreira no já extinto jornal O Século “em Lisboa.

Fotografia: DR Jornal da Madeira