Mulher rega ex-namorado com gasolina e deita-lhe fogo

A detida foi apresentada ao Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste - Núcleo de Sintra, para 1.º Interrogatório Judicial e ficou em prisão preventiva.

Tribunal de Sintra - arquivo

Uma mulher com 29 anos de idade foi detida pela PSP de Sintra por ter regado o seu ex-companheiro com gasolina e ter-lhe ateado fogo, causando-lhe queimaduras graves. O tribunal decidiu pela prisão preventiva.

A mulher foi detida esta quarta-feira, na sequência de uma investigação da PSP que já decorria a algum tempo, conseguindo reunir prova suficiente para a emissão de um mandado de detenção, indiciada do crime de violência doméstica.

Segundo a PSP, agressora e vítima namoraram cerca de dois meses, período após o qual a relação terminou. No mês passado, a mulher foi a casa do ‘ex’, mas como não consegui falar com este, resolveu esperar que ele saísse de casa e regou-o com gasolina, ateando-lhe fogo de seguida.

Esta situação causou evidente perigo para a vida e integridade física da vítima, que sofreu queimaduras graves e teve de ser hospitalizada.

A detida foi apresentada ao Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste – Núcleo de Sintra, para 1.º Interrogatório Judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva.