Marques Mendes revelou este domingo na SIC, no seu comentário semanal, que Sintra “é a grande incógnita da noite” das eleições autárquicas marcadas para 1 de outubro.

O ex-presidente do PSD analisa o cenário político em Sintra. Marques Mendes considera que a disputa eleitoral entre o PS e o PSD/CDS-PP será muito renhida. O comentador da SIC revelou os quatro candidatos em Sintra, onde incluiu Basílio Horta, apesar do atual presidente ainda não ter anunciado a sua recandidatura. Basílio Horta (PS), Marco Almeida (PSD/CDS-PP), Pedro Ventura (CDU) e Carlos Carujo (BE) são os nomes avançados. “Vamos ter incerta até ao fim porque está tudo muito equilibrado” defende Marques Mendes. “De um lado estará Basílio Horta, o presidente da Câmara e provável recandidato pelo PS. Tem a seu favor ser um bom político, um político experiente, uma figura mediática e estar no primeiro mandato. Do outro lado estará Marco Almeida. Tem a seu favor o facto de ser um autarca muito conhecido em Sintra” por desempenhar há 16 anos as funções de vereador, considera Marques Mendes.

O comentador da SIC defende por isso que “quem vai ganhar Sintra é uma incógnita. Como diz um amigo meu, especialista em sondagens, Sintra é uma espécie de Ohio ou Florida portuguesa. Ou seja, um caso de incerteza até final”, sublinha.

Partilhar