No encerramento da convenção autárquica distrital do PSD em Lisboa, Passos Coelho garantiu que o PSD não irá “transformar as eleições numa festa”, mas irá fazer tudo ao seu alcance para as vencer.

Para além de Mafra e Cascais, onde o PSD é poder, Sintra e Odivelas são dois municípios que os sociais democratas consideram viável vencer na Área Metropolitana de Lisboa (AML). A edição desta semana do Expresso revela que na AML o PSD apenas tem esperança de recuperar Sintra, com a coligação PSD/CDS-PP liderada por Marco Almeida, e Odivelas com o candidato Fernando Seara, ex-presidente da Câmara Municipal de Sintra.

Passos Coelho sublinhou na convenção autárquica deste sábado que “vamos enfrentar eleições para as quais definimos um objectivo muito claro que é ganhar. Sabemos que não é um objectivo nem fácil nem simples”, disse Pedro Passos Coelho na Convenção, e lembrou que o PSD leva de atraso quase 50 câmaras em relação ao PS. Alertando que “só depois de ouvir os eleitores é que se sabe quem ganha”, o líder do PSD sublinhou que só agora, depois de muitos considerarem o partido derrotado à partida, se começou a perceber “que essa ideia era precipitada”. “À medida que vão sendo conhecidos problemas em alguns concorrentes, percebem que nós estamos nestas eleições para as disputar, não estamos aqui para ver passar comboios”, assegurou.

Partilhar