O concelho de Sintra reforçou em mais de 20% as exportações nos últimos três anos, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos ao período entre 2013 e 2015. Sintra cresceu 20,1% passando de 1.22 mil milhões de euros em 2013 para 1.47 mil milhões em 2015 das suas exportações, no período que coincide com o actual mandato autárquico.

Já a Área Metropolitana de Lisboa viu o volume de vendas cair 5,4% no mesmo período, enquanto a do Porto cresce 9,9%.

O presidente da Câmara Municipal de Sintra já felicitou “os trabalhadores e empresários” do concelho. Basílio Horta considerou que este “é o caminho para Sintra continuar a crescer”. O autarca definiu o crescimento da economia como um dos pilares fundamentais durante as eleições autárquicas em 2013.

Basílio Horta defende que o investimento no município de Sintra “é uma aposta segura em virtude dos setores competitivos e das condições vantajosas para o desenvolvimento de negócios existentes na região”. Para o autarca Sintra oferece diversas vantagens competitivas aos investidores “tendo vindo a fomentar políticas dinâmicas e amigas do investimento, através de incentivos à fiscalidade, captação de investidores e favorecendo investimentos estratégicos”.

Já em 2015 a Câmara Municipal de Sintra venceu o prémio de Município do Ano, na categoria “Área Metropolitana de Lisboa”, pela criação do Conselho Estratégico Empresarial enquanto Instrumento de Melhor Governo Municipal nos prémios “Município do Ano Portugal 2015”.

Os dados das exportações de bens de 2015 são os mais recentes a serem disponibilizados pelo INE e foram divulgados hoje pelo Jornal de Negócios. A nível nacional, em 2015, as exportações cresceram 5,3% face ao ano anterior.

Partilhar